sábado, 25 de outubro de 2014

Associado Contribuinte APAE




Em meio a tantas promoções e  a tanto pedido de socorro das instituições....

A APAE continua seu trabalho:
Cumprir com eficiencia sua missão de  promover a defesa das pessoas com deficiencia assim como prestar a elas um serviço de qualidade pra possibilitar uma melhor oportunidade de integração verdadeiramente à sociedade.

Mas isso custa dinheiro....e muito....

O que recebemos de verba  é insuficiente. São 35 funcionários pra 108 usuários. Há poucos em cada sala por conta das dificuldades individuais .

Além da escolaridade há atendimento em fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional,psicologia, assistencia social, enfermagem, equoterapia,
Há todo um trabalho de oficina terapêutica de artesanato,culinária, jardinagem, dança, pintura....

São todos muito carentes ???? não,  mas  a  grande  maioria sim. Não há como pagar individualmente esse tipo de atendimento. Ficaria caríssimo.

Então são promoções

E agora estamos aqui te oferecendo uma possibilidade de colaboração...
Seja um associado contribuinte.

Voce pode morar em qualquer lugar.... se voce acredita em nosso trabalho, colabore conosco.

Qualquer quantia.....mensal....bimestral.....semestral....anual.....

preenchemos tua ficha.....enviamos teu boleto e voce paga tranquilamente onde estiver.

Perderemos um pouco porque cada duplicata nos custa R$ 1,60 ...mas assim mesmo receberemos tua ajuda com muita satisfação.

Não se acanhe por pensar que é pouco.... aquele ditado vale : de grão em grão.....

Todo mês sorteamos um brinde ( um mimo) aos nossos associados contribuintes.

Setembro foi  uma churrasqueirinha e a sorteada foi Maria de Angeles Petrarolli.
Outubro. Outro brinde.



                        Marcelo, Cicero, Celi e Renata funcionarios da APAE mostrando o brinde.


                                                   A sorteada com o funcionário Fran.



Entre em contato na APAE ( 3701-6663) / e-mail apaemirandopolis@yahoo.com.br
Pode até falar comigo no face.....entraremos  em contato    ou reginamustafa@hotmail.com

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Professor....Mestre




Nesse dia muitos se diz àquele que te ensinou alguma coisa.

Eu admiro aquele que alfabetiza porque acho um fenômeno entregar uma criança a esse mestre e tê-la de volta fazendo a leitura de qualquer texto.

Admiro os professores das séries seguintes do ensino fundamental porque são eles que vão ajudando o aluno a decodificar o mundo. Ensinar a leitura além das letras.

Admiro o professor do ensino médio porque lida com adolescentes e jovens questionadores e incentiva isso mostrando que duvidar, questionar, se rebelar é próprio da idade e faz bem quando feito com respeito ao próximo.

Admiro o professor da faculdade porque está ensinando  o profissional que vai  lidar com outras pessoas, outros saberes e terá internalizado isso pra repassar pra outra pessoa que está no inicio do circulo das aprendizagens.

Admiro o professor da educação especial porque trabalhar o comum é mais fácil que lidar com uma série de singularidades na mesma sala, com muitas diferenças no mesmo espaço.

Não existe coisa mais gostosa, que, passados os  anos, voce encontrar homens e mulheres feitos, mães e pais responsáveis que se lembram da   professora, pro, teacher, dona, senhora, voce....

Não valorizados pela sociedade ?  desvalorizados pelo governo ???    Pode até ser.

Mas somos valorizados pelas pessoas que nos foram mais especiais , Nossos alunos.

Um abraço a todos os mestres que me ensinaram e mostraram o mundo.

Não vou postar dos muitos mestres que me ensinaram, que foram meus colegas, que trabalharam comigo. Uma imagem de nossas escola. Faltam Marilena S.C. Fernandes ( 1ª) , Tomica Abe ( 2ª), Sara Beatriz ( 3ª ) Itevina Ferreira ( amandaba) e minha querida escola de educação especial (APAE)



Eu os homenageio com um beijo no coração. E me curvo a todos voces.


















quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Os presidenciáveis

Está chegando o dia de eleição.

As pessoas estão, no meu ponto de vista, todas com medo. 

Alguns Dilma não têm coragem de assumir seu voto e dizem pra gente “não decidi ainda” mas se você aprofundar a conversa vai escapar em algum momento que seu apoio é ela. Tem gente que é PT e engole a Dilma porque o Lula quer. Há alguns que agradecem o “bolsa alguma coisa” que o governo federal oferece e se acha meio que na obrigação de agradecer.

Marina, bem Marina conta com os evangélicos, aquele pessoal que não sabe bem porque mas acha que ela é ambientalista é portanto merece o voto. Alguns me alegam que ela é a novidade do grupo e outros gostam de sua fala mansa, cheia de um palavreado bonito, que salpica ideias aqui e ali e assim completa um discurso.

Bom Aécio, é visto segundo o pessoal, não como oposição, mas como a situação que o PT (situação) continua batalhando contra. Tem um passado político que muitas vezes leva a comparações e tem um passado pessoal meio nebuloso. Alguns votam nele apenas porque não querem Dilma, nem Marina.

Aí você me pergunta:   e aí ????

Temos 11 candidatos. ( Você sabia?  )

Eu tenho minhas convicções. Eu li opiniões de jornais e revistas diferentes para não ser influenciada. Eu assisti debates onde percebi os pontos fracos, as incertezas nas colocações, os vazios de proposituras, ideias boas sem possibilidade de realização e outras perfeitamente viáveis.

Ética e política estão seguindo caminhos distintos.

E nós estamos alimentando isso assim do mesmo modo que damos ibope aos programas sensacionalistas, que continuamos a votar nos ficha suja, que continuamos a fingir que está tudo bem, que reclamamos, reclamamos e reclamamos...e só.


Vamos votar melhor ?????

Governador...... Senador..... Deputados....  Pense bem na importância do teu voto. Não o jogue fora. 


segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Orkut




Hora marcada para o fim.

30 de setembro de 2014.

Depois que o Orkut fechar em 30 de setembro de 2014:
  • Você não poderá entrar no Orkut
  • Você não poderá exportar seus álbuns de fotos para o Google+
  • Apps, APIs e jogos não estarão mais disponíveis
  • Comunidades públicas serão salvas em um Arquivo de Comunidades visível publicamente.

Fui lá no orkut pra dar uma espiadinha e....

me deu saudade....

vi lá fotos, depoimentos, mensagens, recados,videos ....tudo esquecido lá. Guardado sim mas memórias que ficaram engavetadas aguardando uma abertura que não virá mais...

Essa é a sequencia.....se voce não se renova, se voce não se adequa aos novos tempos, se voce não se
põe em movimento.....fica lá pra trás, até alguém mais esperto te passar.

E aqui está o facebook. Mais dinâmico, sempre propondo alterações e até agora atendendo as exigências. Até quando ???quem sabe ?!?!?!No momento parece infindável, mas.....

Esse recadinho vale pra qualquer um de nós. Fica parado no tempo pra ver o que acontece.






Essa é a imagem que o Fred vem postando pra avisar a todos do fechamento do orkut. A página inicial de sua comunidade.

Não diga depois que não sabia.



Há outras instruções lá pra quem quer exportar suas informações, se você achar que vale a pena, lá se explica tudo direitinho ....www.orkut.com.br



sábado, 6 de setembro de 2014

Bodas de Mármore




                                                                          Noivado







                                                                         Casamento





39 anos...... Bodas de mármore

O que o mármore ???

Mármore é uma rocha metamórfica originada de calcário exposto a altas temperaturas e pressão.

Altas temperaturas....pressão..... formando uma rocha mais firme , mais bonita e de maior valor.

Assim é o nosso casamento. Ele se consolida com o passar dos anos.

Nesse momento de comemoração é fatal o rememorar dos momentos felizes :

O primeiro beijo, a primeira viagem, os filhos e o acompanhamento de suas vidas,  a casa própria, o sacrifício para o primeiro carro, o deixar pra tras as "baladas", tudo feito em nome do amor.

Momentos tristes???? lógico que existiram....decepções.... incompreensões.... canseiras...desalento...mas tudo isso também superado em nome do amor.

Lembrar só os momentos alegres??? Não. Por que ? lembrar os tristes também é necessário para eu ter certeza de que fui forte e passei por todos eles, saí ilesa e pronta pra mais.

Estamos aí. Eu e meu companheiro. Ele com o joelho estouradinho, meio que doloridinho. Eu  com colesterol,triglicerio, meio gordinha e já arfando pra  subir a ladeira.

Mas aqui firmes..... em nome dos nossos amores : Gustavo ( Lorenzo) , Marcelo ( Renata, José Inacio e Maria Fernanda ), Nivaldo (Suellen e Felipe ) e Eduardo.

Por eles....Por nós... que venham mais alguns anos.
                                                     
                                                                       Gustavo






                                                                         Marcelo






                                                                              Nivaldo






                                                                       Eduardo






                                                                            Todos


quinta-feira, 14 de agosto de 2014

O conflito árabe -israelense e a questão da Palestina





UMA BREVE ANÁLISE DO CONFLITO ÁRABE-ISRAELENSES E A QUESTÃO DA PALESTINA
Por Gilberto Guedes da Silva Junior

A questão da Palestina vai bem além da compreensão geográfica e política que o assunto envolve. Sua raiz está no próprio berço da humanidade!
                Na Bíblia (Torá – Velho Testamento), o patriarca do povo hebreu, Abraão (Deus fala para Abraão ir para a terra de Canaã – atual Palestina) teve dois filhos, um com a sua serva Agar, chamado Ismael e outro com sua esposa Sara, chamado Isaque (Nesse período da história hebraica admitia-se a poligamia). Segundo os escritos bíblicos presentes no gênesis, Isaque e Ismael foram separados ainda crianças. Após a morte de Abraão, Isaque continuou sua prole para formar a civilização hebraica (Judeus). Ismael foi para o deserto, e lá nos Oásis da Arábia formou a civilização árabe.
                Porém, existem dois momentos históricos em que esses povos passam por reveses que implicam nas questões presentes. O primeiro desses momentos foi quando os Judeus foram expulsos da Palestina pelos romanos por volta de 70 d.C. e 140 d.C., provocando a dispersão dos hebreus pelo mundo (Diáspora Judaica). Outro momento foi quando Maomé comerciante coraixita da região de Meca, influenciado pelo cristianismo e pelo judaísmo promoveu uma reforma religiosa de caráter monoteísta. Além de Meca, centro religioso do mundo islâmico, Jerusalém seria a região onde Maomé teve uma visão do anjo Gabriel para escrever o Alcorão (Livro Sagrado dos muçulmanos), no Monte Moriá, local onde provavelmente Abraão foi impedido de sacrificar seu filho Isaque e que Salomão por volta do ano 900 a.C., construiu um Templo para abrigar a Arca da Aliança, templo este que foi destruído duas vezes, pelos babilônios, no século IV a.C., e pelos romanos no século I d.C.. Portanto, é isso mesmo que você está pensando! A questão é também religiosa antes de ser política e geográfica. Após a diáspora judaica povos provenientes da Arábia (Árabes) foram se fixando na região, tendo Jerusalém como local sagrado também para os seguidores do Islamismo. Sagrado, ao ponto de construírem uma mesquita sobre as antigas ruínas do Templo de Salomão.
                 Os conflitos atuais na região da Palestina tem sua origem a partir do ano de 1948 quando a ONU, determinada em criar um Estado Judeu para judeus que haviam sofrido tantas perseguições, inclusive durante a Segunda Guerra com o holocausto, onde seis milhões de Judeus fora sumariamente exterminados nos Campos de Concentrações, buscaram defender a criação de um Estado Judeu (sionismo) e um estado Palestino na região do Oriente Médio. O presidente da ONU naquele momento era Osvaldo Aranha, que através do voto de minerva, deu o aval para criação de um Estado Judeu na Palestina. Pronto! Esta aí a causa de todo conflito Árabe-Israelense.
                Em menos de 60 anos os Israelenses formaram um grande exército para defender aquilo que eles alegam ser de direito, cujo registro estaria no Torá. Com a oposição dos países Árabes em relação à presença de um Estado Judaico, Israel ampliou seus territórios durante as Guerras contra o Egito em 1956, contra a Liga Árabe em 1967 (Conhecida como Guerra dos Seis Dias) e na a Guerra do Yom Kippur em 1973. Os israelenses não só impediram a formação de um território Palestino, como limitaram sua região a 15% do território que inicialmente era definido pela ONU (Por volta de 43% do território para os palestinos).
                Sendo assim, existem três coisas que devemos saber sobre a questão da Palestina; os israelenses agem de forma desproporcional para defender o seu território; a questão vai além do campo político e permeia o fanatismo religioso (Dos dois lados); e briga de família só se resolve com entendimento entre eles, independente da opinião dos estranhos.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

O desfile - texto de Ademar Bispo

Dia 24 de junho:- Aniversário de Mirandópolis

O Desfile
Seis horas da manhã, a cidade é acordada com explosões parecidas a tiros de morteiro. Em algum lugar alguém executa o toque da Alvorada. O som vem serpenteando pelas ruas, penetrando nas casas, sussurrando em nossos ouvidos que é hora de levantar. O sol, timidamente, surge no horizonte, anunciando um novo dia, o dia do aniversário da cidade Labor, aniversário de Mirandópolis.
Já se vê pelas ruas, estudantes, com seus uniformes passados e engomados, dirigindo-se para seus estabelecimentos de ensino, de onde sairão para o desfile ansiosamente aguardado. No CENE Dª Noêmia Dias Perotti, os inspetores de alunos, seu Jorge Cury e dona Terezinha, auxiliados pelos serventes dona Severina e seu Silvio Marchi, tentam botar ordem e organizar os pelotões de alunos e alunas. As meninas primeiro, depois os meninos, por ordem de altura. Os professores de Educação Física dão sua contribuição, passando as listas de presença. O pessoal da fanfarra, com seu uniforme de gala, afina seus instrumentos: são caixas, tambores zabumbas e cornetas.
Numa destas comemorações o professor Kazuo ficou responsável pela fanfarra. Aos alunos que participassem dela ele prometeu dar nota dez e dispensar da prova bimestral. Eu, surdo-mudo em música, pendurado em matemática, precisando tanto daquele deizinho candidatei-me. Deram-me os pratos e instruíram-me: após o repicar das caixas...tatarata, você bate os pratos...blein, tatarata...blein, tatarata...braunnnn, fui dispensado no segundo ensaio.
Todas as escolas e demais participantes do desfile se reuniam no pátio da igreja. Não havia palanque e as autoridades do município faziam seus discursos da escadaria da igreja e, em seguida, o padre Epifânio rezava a missa. Era demorado, cansativo...nos escorávamos numa perna, depois na outra...agachávamos...éramos repreendidos pelos inspetores de aluno.
Finalmente iniciava-se o desfile. A Escola do Comércio e o Ginásio revezavam-se na abertura do desfile e no encerramento. As vezes o encerramento era feito pelo Tiro de Guerra de alguma cidade vizinha, Andradina ou Valparaiso. As balizas iam á frente das escolas, fazendo seus malabarismos. Os porta-bandeiras levavam as bandeiras do Brasil, de São Paulo e do Municipio. À frente da fanfarra da Escola do Comércio tremulava o estandarte azul e branco com as palavras GLERCA, do Ginásio, vinha o estandarte vermelho e preto escrito Grêmio XV de Novembro e trazendo ainda a figura estilizada de um galo idealizada pelo professor Valter Sperandio.
O Grupo Escolar Professor “Hélio Faria” se fazia presente, tendo como destaque sua pequena fanfarra comandada pelos professores Paulo Turri, Gamaliel e José Caleme. O Grupo Escolar “Dr. Edgar R da Costa” tinha os escoteiros orientados pelo seu Luiz, o Luiz do Grupo, o Luiz Peru, disciplina militar....direiiiiita, voooolver, esqueeeerda, vooooolver....ordináaaario, marche. Foi uma pessoa incompreendida, fez amigos e inimigos devido ao seu gênio belicoso, era prestativo com os amigos e parentes, tendo freqüentado apenas o primeiro ano primário, consertava ferros elétricos, chuveiros, enceradeiras e liquidificadores. Fazia instalações elétricas e hidráulicas. Era apenas Porteiro do Dr. Edgar, mas vestia a “camisa da escola”. Era meu tio e eu o amava como minhas filhas também o amavam.
As escolas apresentavam carros alegóricos homenageando figuras históricas, a seleção brasileira de futebol e o fundador da cidade, senhor Manoel Alves de Athaide. Associações como o Rotary, Lions e outros clubes de serviços e entidades prestavam suas homenagens. A colônia japonesa sempre apresentava algum carro destacando a agricultura da cidade. Um carro muito elogiado era aquele que trazia a rainha da cidade e suas princesas. Todos os anos era eleita a rainha e as princesas e tínhamos o baile de coroação da rainha no CAM. Lembro-me apenas das rainhas Célia Zuin e Sonia Zacarin. A população de Mirandópolis, quase que na sua totalidade, saia à rua para assistir ao desfile.
Quando achávamos que o desfile tinha terminado, com os participantes se dispersando no final da Avenida Rafael Pereira....eis que surge um tumulto, a multidão acompanhando um carro retardatário!!!!!!!É o Fernando Miron, dirigindo uma caminhonete de carroceria de madeira, preta, da funerária, tendo, no alto de uma escada, usada pelos juízes de vôlei,....o Galego, vestido de mulher, com a faixa de Miss Ribeirão Claro.
À tarde haveria show de paraquedistas e futebol.